quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Entenda como o emagrecedor sibutramina age no corpo; 3 remédios foram proibidos


Entenda como a sibutramina age no corpo humano
Remédio para emagrecer age sobre o cérebro e dá sensação de saciedade.
Medicina ainda não sabe explicar por que risco cardiovacular cresce.

Com a proibição de três medicamentos – anfepramona, femproporex e mazindol – pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a sibutramina é hoje a única droga usada para emagrecer que atua sobre o sistema nervoso. Além dela, só há mais um remédio disponível para esse fim, o orlistate – cujo nome de mercado é Xenical – que age sobre a absorção de gordura no intestino.

O farmacêutico Ivan da Gama Teixeira, diretor técnico e vice-presidente da Associação Nacional de Farmacêuticos Magistrais (Anfarmag), contou que a substância surgiu como um antidepressivo. “Viram que a diminuição do apetite era um efeito colateral e o remédio passou a ser usado como emagrecedor”, explicou.


Contudo, o que a sibutramina faz no cérebro não é exatamente inibir o apetite, como é o caso dos remédios que foram proibidos. Na verdade, ela estimula a saciedade. “Na prática, o paciente fica satisfeito com menos comida”, resumiu o endocrinologista Walmir Coutinho, pesquisador que participou da pesquisa “Scout”, a maior já feita sobre o remédio, que acompanhou pouco menos de 10 mil pacientes durante um período médio de 3 anos e 5 meses.

A sibutramina é indicada para pessoas obesas que tenham índice de massa corporal (IMC) igual ou acima de 30% e não sofram de problemas cardíacos

Os especialistas consultados pelo G1 explicaram que a sibutramina age sobre dois neuro transmissores: a serotonina e a noradrenalina. Esses neurotransmissores funcionam entre os neurônios, levando informações de um para o outro. Nesse processo, geram a sensação de saciedade.

Normalmente, isso ocorre num curto período de tempo, e eles retornam para dentro das células – o que é chamado de recaptação. O que a sibutramina faz é retardar essa recaptação, ou seja, a serotonina e a noradrenalina ficam por mais tempo fazendo a ligação entre os neurônios e deixam o indivíduo saciado.

Efeitos colaterais
Coutinho afirmou que os cientistas ainda estão tentando entender mais detalhes sobre o funcionamento da substância. Por isso, ainda não se sabe explicar por que ocorrem os efeitos colaterais, que, segundo ele, podem ser boca seca, taquicardia e insônia.

A pesquisa “Scout” registrou ainda que, entre pessoas que já têm alto risco de doenças cardiovasculares – como enfarte e derrame –, esse risco aumenta. No entanto, ainda não há explicação de como isso acontece no corpo humano. [Tadeu Meniconi. Do G1]



Pacientes só poderão usar sibutramina após assinarem termo, diz Anvisa
O documento de responsabilidade deverá ser assinado pelo paciente e o médico
Brasília – Pacientes poderão usar remédios derivados de sibutramina para emagrecer somente após assinarem termo de responsabilidade. A decisão foi tomada hoje (4) pela diretoria da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).


O documento será assinado pelo paciente e o médico. O modelo do termo será definido em resolução da Anvisa, a ser publicada nos próximos dias. Na hora de comprar o remédio na farmácia ou drogaria, o paciente terá de apresentar o documento assinado junto com a receita médica.

Com esse termo, os diretores da Anvisa querem garantir que o paciente recebeu do médico os esclarecimentos sobre os benefícios e os riscos à saúde decorrentes do tratamento de obesidade com a sibutramina. “Para que esteja assegurado que o médico informou o paciente. E o paciente esteja assegurado de que recebeu as informações relativas ao que se espera do tratamento e os riscos relacionados ao uso da sibutramina”, disse o diretor-presidente da Anvisa, Dirceu Barbano.

O prazo de validade da receita também mudou. Atualmente, a prescrição vale por 60 dias. A diretoria decidiu reduzir para 30 dias. Desde março do ano passado, é obrigatória a venda da sibutramina com a apresentação da receita azul – que é numerada pela vigilância sanitária – e as embalagens têm tarja preta - medida que continua vigorando.

Outras normas definidas pelos diretores preveem que os médicos serão obrigados a notificar à agência reguladora casos de pacientes com reações adversas à sibutramina. Os laboratórios terão de apresentar um plano para redução dos riscos do emagrecedor à saúde, como orientações aos médicos de como proceder em casos de efeitos colaterais graves. As empresas têm dois meses para encaminhar o plano, a partir da publicação oficial da regra pela Anvisa. A medida vale para os laboratórios que já detêm registros de remédios com sibutramina e para aqueles que pretendem solicitar o registro.

A sibutramina é indicada para pessoas obesas que tenham índice de massa corporal (IMC) igual ou acima de 30% e não sofram de problemas cardíacos. Essas informações já constam na bula do remédio, destacou Barbano.

Em um ano, a diretoria da Anvisa voltará a analisar a manutenção da sibutramina no mercado brasileiro.

A proposta inicial dos técnicos da agência era banir o medicamento no país, já que estudos internacionais mostram que o uso da substância aumenta os riscos de problemas cardiovasculares e alterações no sistema nervoso central. Em nove meses de debate, a equipe técnica mudou de posição. No último relatório, defendeu a permanência do uso e da venda do remédio no país, desde que com restrições, alegando eficácia da sibutramina, que contribui para a perda de pelo menos dois quilos em um prazo de quatro semanas. A maioria dos diretores da Anvisa seguiu a recomendação dos técnicos.

Dirceu Barbano nega que houve um recuo da Anvisa, já que entidades médicas se posicionaram contra o banimento do medicamento. Segundo ele, “houve um clareamento sobre as divergências científicas” acerca do inibidor de apetite no decorrer dos últimos meses.

A Anvisa recomenda o tratamento com o remédio à base de sibutramina até o limite de dois anos.


5 comentários:

  1. VENDEMOS SIBUTRAMINA DE 15mg COM 30 COMPRIMIDOS DO LABORATÓRIO DA ACHE, ORIGINAL NÃO É GENÉRICO.
    PREÇO: 120,00
    COM FRETE GRÁTIS VIA PAC, COM PRAZO DE ENTREGA DE 02 A 07 DIAS ÚTEIS.
    CONSEGUIMOS SIBUTRAMINA PQ TEMOS UMA FARMÁCIA AQUI NO RIO DE JANEIRO NO BAIRRO DE MADUREIRA, NOS ADD NO FACEBOOK E VERÁ ALGUMAS FOTOS DO NOSSO DIA A DIA, P/ EVITAR QUALQUER SUSPEITA.
    NOSSO FACEBOOK É: http://www.facebook.com/farma.sibutramina
    NÓS ESTÁVAMOS COM O SIBUTRAMINA EM FALTA, PQ SE TRATA DE UM REMÉDIO COM VENDA PROIBIDA, MAIS JÁ TEMOS NOVOS SIBUTRAMINAS, DEPOIS DESSA REMESSA SIBUTRAMINA AGORA SÓ POR ENCOMENDA.
    SE TIVER INTERESSE ENTRAR EM CONTATO ATRAVES DO E-MAIL : farma.sibutramina@hotmail.com
    A NOSSA UNICA FORMA DE PAGAMENTO É DEPOSITO, SEI QUE É DIFICIL CONFIAR MAIS NÃO TEM OUTRO JEITO É POR ISSO QUE PEÇO SEMPRE P/ AS PESSOAS QUE COMPRARAM CONOSCO P/ FAZER ALGUM COMENTARIO DE COMO FOI REALIZADA A COMPRA E SE CORREU TUDO BEM NO NOSSO FACEBOOK, LÁ TEM COMENTÁRIOS DE VÁRIAS PESSOAS QUE COMPRARAM.
    ASSIM QUE SEU PAGAMENTO FOR INDENTIFICADO, POSTAREMOS SUA MERCADORIA E PASSAREMOS O COD. DE RASTREIO P/ CADA UM DE VCS PODER ACOMPANHAR AS ENTREGAS, E ASSIM QUE RECEBER POR FAVOR POSTAR COMENTARIOS SE RECEBERAM DIREITINHO EM NOSSO FACEBOOK PARA DAR MAIS CREDIBILIDADE AOS NOVOS COMPRADORES.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. NÃO COMPREM COM FARMA.SIBUTRAMINA@HOTMAIL.COM OU INIBIDORES.APETITES@HOTMAIL.COM!!! EU DEPOSITEI E ELA SUMIU! E NÃO FOI SÓ COMIGO, CONHEÇO OUTRAS PESSOAS QUE TIVERAM O MESMO PROBLEMA!

      Excluir
  2. NÃO COMPREM COM FARMA.SIBUTRAMINA@HOTMAIL.COM OU INIBIDORES.APETITES@HOTMAIL.COM!!! EU DEPOSITEI E ELA SUMIU! E NÃO FOI SÓ COMIGO, CONHEÇO OUTRAS PESSOAS QUE TIVERAM O MESMO PROBLEMA!

    ResponderExcluir
  3. NÃO COMPREM COM FARMA.SIBUTRAMINA@HOTMAIL.COM OU INIBIDORES.APETITES@HOTMAIL.COM!!! EU DEPOSITEI E ELA SUMIU! E NÃO FOI SÓ COMIGO, CONHEÇO OUTRAS PESSOAS QUE TIVERAM O MESMO PROBLEMA!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OBRIGADA PELA DICA. VALEU!!!!!!

      Excluir

Fique a vontade para comentar, só lembramos que não podemos aceitar ofensas gratuitas, palavrões e expressões que possam configurar crime, ou seja, comentários que ataquem a honra, a moral ou imputem crimes sem comprovação a quem quer que seja. Comentários racistas, homofóbicos e caluniosos não podemos publicar.