terça-feira, 26 de outubro de 2010

Traficante ciumento mata 5 em churrasco

O ciúme foi o principal motivador da chacina que matou cinco pessoas no bairro da Posse, na cidade de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. O taxista U., de 32 anos, reconheceu na manhã de ontem o traficante Vinícius Anselmo de Araújo da Luz como o autor dos disparos.

Um dos suspeitos da chacina em São João do Mereti, no Rio de Janeiro.
Segundo ele, este foi o segundo atentado que ele sofreu desde que se casou com A.P., ex-namorada do traficante com quem já tem um filho. Alvo dos tiros, ele prestou depoimento na 64ª Delegacia de Polícia de São João de Meriti, que apura o caso, e contou que conseguiu fugir ileso. Além de Vinícius, ele reconheceu Renato Ramos da Fonseca e Luiz Fernando Nascimento Ferreira, o Bacalhau, chefe do tráfico no Morro do Chapadão, entre os invasores da festa.

O taxista e o traficante se conheciam desde a adolescência em Vila Tiradentes, na cidade de São João de Meriti. Após sair da Marinha, Vinícius ingressou no tráfico e há três anos foi preso. O taxista começou o relacionamento com a namorada do traficante quando ele estava na prisão. Ao sair da cadeia, ele avisou, por meios de amigos, que mataria o casal. "Ele nunca aceitou a nossa relação e ainda é apaixonado por ela. Em dezembro do ano passado, durante uma festa do casamento do meu irmão, ele tentou me matar", contou U.

Os mortos foram identificados como Rosilene Nascimento de Oliveira, 32, Thiago da Silva Santos, 24, Waldemir de Oliveira de Jesus, 16, Marcos Otávio Barbosa da Silva, 16, e Gilson Alves de Lima, 42. A aniversariante Cátia Silva Souza, de 32 anos, perdeu o filho Marcos e o filho de criação Waldemir. (A Gazeta)


Hipótese de envolvimento de milícia

A hipótese de milícia também havia sido levantada porque foram encontradas no local cápsulas de balas de arma de calibre usado pela polícia e pelas forças armadas. “As cápsulas de alto calibre são porque o suspeito é gerente do tráfico”, disse Santana. “Até agora não encontramos nenhum convidado ou ferido com antecedentes criminais”, afirmou o comandante do 21º BPM (São João de Meriti), coronel George de Freitas.

Alguns vizinhos do local onde aconteceu o churrasco contaram o que viram, mas não quiseram se identificar. “Quem estava na rua saiu correndo, invadindo as casas, nos portões que estivessem aberto. Uma coisa horrorosa, testá todo mundo traumatizado”, disse uma testemunha. “Foram cenas de terror. Da janela da minha casa só via as pessoas correndo, gritando, as crianças correndo, perdidas sem saber para onde iam. Pânico total”, completou outra.

Entre as vítimas fatais está um adolescente de 16 anos, filho da aniversariante. A cunhada da dona da festa morreu na hora. Segundo a polícia, a mulher, de 32 anos, foi atingida por um tiro de fuzil.

Enterro das vítimas

A prefeitura de São João de Meriti informou que o corpo de uma das vítimas será enterrado às 17h desta segunda-feira (25) no Cemitério de Éden. No mesmo local, na terça-feira (26), será sepultado o corpo de outro vítima, às 14h. Também na terça, às 10h, será enterrado o corpo de outra vítima da chacina, no Cemitério Vila Rosali.

Já o enterro das outras duas vítimas da chacina ainda não foi divulgado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique a vontade para comentar, só lembramos que não podemos aceitar ofensas gratuitas, palavrões e expressões que possam configurar crime, ou seja, comentários que ataquem a honra, a moral ou imputem crimes sem comprovação a quem quer que seja. Comentários racistas, homofóbicos e caluniosos não podemos publicar.

Postar um comentário