segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Assassinato de Murilo Rezende e de Eugênio Bozola. Polícia prende o suspeito


A Polícia Civil de Sertãozinho prendeu nesta segunda-feira o suspeito de assassinar o analista de sistemas Eugênio Bozola, 52, e o modelo Murilo Rezende da Silva, 21, encontrados mortos na última terça-feira (23) em um apartamento na rua Oscar Freire, em Pinheiros (zona oeste de SP).

Lucas Cintra Zanetti Rosseti, 21, o principal suspeito do crime, foi preso por volta das 12h de hoje. Ele estava escondido na casa de duas mulheres em Sertãozinho (333 km de São Paulo). De acordo com a polícia, elas não são parentes do suspeito.

Divulgação
Retrato falado de Lucas Cintra Zannetti Rossetti, 21


A casa fica no mesmo bairro onde a polícia encontrou na madrugada de domingo o carro de Bozola, levado da garagem do prédio onde houve o crime após os assassinatos.

Rosseti deve prestar depoimento no início da tarde de hoje.

O Honda Civic prata foi encontrado no domingo pela Guarda Civil Municipal, sem placas, abandonado após uma aparente batida em um barranco. O endereço onde o veículo estava fica cerca de cinco quilômetros de distância da casa do irmão de Lucas, Alex Rosseti, e no mesmo bairro onde o suspeito foi localizado.

O modelo Murilo Rezende, 21 anos
A polícia de Sertãozinho informou que o chassi do veículo confirma que ele era mesmo de Bozola. O veículo deverá passar por perícia.

Na última sexta-feira (26), a mãe de Rosseti, Andrea Zanetti, 42, pediu que o filho se entregasse. "Quero que ele apareça, que diga o que aconteceu, porque ele deve ter tido uma boa razão para isso", disse.

"Não estou tirando a culpa dele. Ele tem que pagar, só quero que apareça e explique", disse Andrea.

Folha



Entenda o caso: 

O modelo Murilo Rezende da Silva, encontrado morto em um apartamento na Rua Oscar Freire, região nobre de São Paulo, nesta terça-feira (23), é de Rodeiro, na Zona da Mata. Murilo foi assassinado a facadas e o dono do imóvel também foi morto.

Murilo foi eleito Mister Piauí neste ano. Ele também participou do concurso Mister Brasil. A organização do evento divulgou uma nota pelo Twitter lamentando a morte. 'É com tristeza que informamos que Murilo Rezende, Mister Piauí 2011 e finalista do Mister Brasil, foi assassinado. Murilo, sexto colocado no concurso, sempre demonstrou ser uma pessoa de caráter irretocável, admirado por todos.'

Além dele, foi encontrado morto o dono da residência, o analista de sistemas Eugênio Bozola. Os dois foram mortos a facadas. Segundo o delegado que investiga o caso, havia sinais de luta na residência onde a vítima morava. Bozola foi encontrado morto pela manhã por sua empregada doméstica. O corpo do modelo foi localizado pela Polícia Militar depois em um dos cômodos.

“Havia marcas de sangue pelo apartamento e sinais de luta, como um cinzeiro quebrado e objetos bagunçados”, afirmou o delegado Paulo Roberto Nascimento de Oliveira, do 14º Distrito Policial, em Pinheiros, na Zona Oeste da capital.

Segundo a Polícia Civil, o analista de sistemas, que era homossexual, estava caído na cozinha, próximo à porta de entrada. A faxineira Neide Ferreira o encontrou por volta das 9h, quando entrou na residência. “Eu abri a porta e, quando vi ele caído, chamei o porteiro.” A PM foi acionada e, ao entrar, encontrou o corpo da outra vítima caído em um quarto e com um saco cobrindo parte da cabeça. O carro de Bozola, um Honda Civic prata, não estava na garagem, como de costume. Havia marcas de sangue no chão da garagem.


Vizinhos disseram ter ouvido uma briga durante a madrugada desta terça no interior do apartamento, que fica no 6º andar. Nenhum barulho de tiro, porém, foi escutado. “Lá pela meia-noite, eu ouvi muito barulho vindo de cima. Soltei um palavrão e quem estava no outro apartamento repetiu. O barulho continuou até 0h45, quando eu xinguei de novo. Então tudo ficou em silêncio e eu dormi”, disse uma aposentada de 51 anos que mora no 5º andar e não quis ter o nome divulgado.

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) já foi acionado para auxiliar nas investigações. Durante a tarde, foi feita perícia no apartamento. A polícia agora pretende ouvir o porteiro que estava no turno da madrugada. Ele poderá dar mais informações sobre a saída do veículo ou dos criminosos, já que no edifício não há câmeras de segurança. Ainda não há pistas sobre o responsável pelas mortes.

Por telefone, a família disse estar em choque e informou que ainda não há previsão do enterro, que será em Rodeiro. Eles aguardam a liberação do corpo que está no Instituto Médico Legal (IML) de São Paulo. Murilo completaria 22 anos no dia 10 de outubro.



Um comentário:

  1. que horror QUERIA QUE MAIS GENTE VEJA ISSO e de dar odio

    ResponderExcluir

Fique a vontade para comentar, só lembramos que não podemos aceitar ofensas gratuitas, palavrões e expressões que possam configurar crime, ou seja, comentários que ataquem a honra, a moral ou imputem crimes sem comprovação a quem quer que seja. Comentários racistas, homofóbicos e caluniosos não podemos publicar.